• APOINME OFICIAL

Os Ataques ao Povo Pankararu continuam


Após quase um ano em que a Policia Federal, retirou os poceiros das Terras Indígenas Pankararu, localizado no Sertão de Itaparica – PE, os conflitos ainda continuam, segundo alguns indígenas Pankararu, na manha desse dia 26 de agosto de 2019. Alguns posseiros que moravam na aldeia Bem Querer de Baixo, que já estão todos fora da área Pankararu por determinação da justiça, retornaram e estão derrubando uma casa antiga q pertenceu a familiares deles. O motivo é que está casa a muitos anos não mora ninguém, e a semana passada um casal de indigenas, que não tinha onde morar, foram morar na casa referida, no entanto os ex moradores mandaram os indígenas se retirarem da casa, mesmo a casa tendo sido indenizada, após os indígenas não saírem da casa, os posseiros chegaram nessa manhã e começaram a derrubar tudo. A polícia foi chamada e compareceu até o local e não teve atitude de impedir. Depois os posseiros mexeram na rede elétrica causando curto circuito, a PM foi acionada novamente elevou os mesmos para a delegacia. Não cabe mais aos posseiros entrar nossa terra, porque tudo q a justiça tinha q fazer já fez, e os prazos já foram todos encerrados. Mais insistem em teimar e voltar ao que não lhes pertence mais. Essa luta do povo Pankararu, contra esses invasores já vem se arrastando a séculos, e pelo visto não tem dia para acabar, os Pankararu é um povo pacifico e vem aguentando esses ataques, com a calma deixada por seus ancestrais, segundo um indigena que por sua segurança pediu para não ser identificado, “Estamos temendo por nossas vidas, pois aqui na região o ódio contra nós tomou uma dimensão muito grande e, as autoridades não nos garante essa segurança”. No de mais, pedimos que a policia tomem as providencias cabíveis, pois isso é um crime e, os criminosos devem pagar por seus atos e, garantam a segurança do povo Pankararu, pois índio também é gente. Termino aqui pedindo Paz.

0 visualização

Diagramação e Designer do Site @Alexandre Pankararu e @Graci Guarani