• APOINME OFICIAL

AMUPE doa 160 testes PCR para comunidades indígenas de Pernambuco


APOINME representada por seu coordenador executivo Sarapó Pankararu, em parceria com o Distrito Sanitário Especial Indígena - DSEI - PE e a representante do Conselho Distrital de Saúde de Pernambuco Rosália Ramos, fecharam uma parceria com a Associação Municipalista de Pernambuco - AMUPE, na aquisição de 160 testes PCR, para serem realizados nas comunidade indígenas de Pernambuco com maior incidência de COVID 19. Para essa parceria ser concretizada, foi feito um oficio em nome da APOINME e DSEI - PE destinado aos cuidados do Presidente da AMUPE o senhor José Patriota, onde o mesmo ligou pessoalmente ao Sarapó Pankararu se demonstrando o total interesse no apoio da aquisição dos testes.

Segundo Ana Nery assessora técnica da AMUPE, a ideia priori deles seria contactar as prefeituras municipais que tem territórios indígenas em suas abrangências e, solicitar a eles que de crie uma cota de testagens aos indígenas e, com isso de uma atenção maior, mas como os membros da AMUPE acharam muito pouco pedir somente que os municípios façam as testagens, sendo assim eles se utilizaram de um recurso que não foi utilizado por conta da pandemia e, adquiriram 160 testes PCR no valor de R$ 15.000, 00 (quinze mil reis).

Esses testes foram entregues nessa ultima quarta feira 29 de julho, na sede do DSEI-PE em Recife. Segundo Antonio Fernando coordenador do DSEI, os testes serão realizados pela equipe com o apoio das Secretarias Municipais de Saúde SMS e, serão divididos entre os povos com mais incidências de caso do COVID 19 como os Fulni-ô, Pankararu, Pankararu de Entre Serras, Xukuru do Ororuba, Xukuru de Cimbres e Truka.

Antonio ressalta que ¨Esse tipo de teste podemos fazer nos pacientes com apenas três dias de algum sintomas, já que o outro o teste rápido, só podemos testar no oitavo dia, isso antecipa o diagnóstico e a cadeia de transmissão se de fato o usuário estiver com Covid¨, sendo assim com o resultado antecipado os profissionais de saúde podem agir mais rápido no tratamento e, impedir a proliferação do vírus nas comunidades indígenas.

Entendendo que 160 testes são poucos para um quantitativo de mais de 35 mil índios que tem em Pernambuco, o DSEI está em negociação com a FIOCRUZ para a aquisição de mais testes e, a AMUPE por sua vez está realizando uma campanha entre parceiros da entidade, no intuito de adquirir materiais de higiene pessoal para serem distribuídos entre as comunidades indígenas.

Esse é um retrato que a pandemia vem nos revelando, por um lado algumas pessoas vem demostrando um total descaso e uma grande falta de empatia a essa pandemia, mas por outros lado um grande senso de solidariedade e afetividade vem se aflorando em muitas pessoas e entidades, onde nós da APOINME agradecemos profundamente.

Por: Alexandre Pankararu

34 visualizações

Diagramação e Designer do Site @Alexandre Pankararu e @Graci Guarani